Feeds:
Posts
Comentários

Archive for março \31\UTC 2009

muralmadrefrase

Anúncios

Read Full Post »

                                                              
         Os católicos ituanos, natos ou por adoção, já contavam com dois seríssimos candidatos à honra dos altares, à espera da sábia manifestação da Igreja.
         Surge agora, uma candidata!
         Quando iniciei a longa e extenuante pesquisa para a feitura do livro “Camargos & Penteados – história e genealogia de uma família paulista”, editado pela Ottoni Editora, e lançado recentemente no Espaço Cultural Fábrica São Luís, dei-me com a presença de vários religiosos e religiosas na família à qual sou ligado por laços maternos. Dentre estes religiosos, começou a chamar-me a atenção, uma parente, neta de Francisca Eugênia de Camargo Penteado Bauer e de Adolpho Bauer (com “ph”, conforme a grafia original), e bisneta do patriarca da família, Indalecio de Camargo Penteado: a Irmã Maria do Carmo da Santíssima Trindade, no século, Carmen Catarina Bueno. Mas ela ficou popularmente conhecida mesmo como Carminha de Tremembé.
         Pretendia eu, de início, escrever algumas linhas a seu respeito, no livro que já começava a produzir..Contudo, ao ler uma sua biografia, foi tal a impressão que me causaram os lances maravilhosos de sua vida e obra que, para ela, acabei por dedicar todo um capítulo, cujo texto, aliás, já foi publicado no jornal “A Federação”, na forma de artigo.
         Eu passei, a partir de então, a considera-la, no meu coração, como uma verdadeira santa, pelas incontáveis e belíssimas virtudes morais e espirituais de que, inequivocamente, demonstrava ser possuidora, e a incluí-la nas minhas invocações pessoais.
         Há pouco, remeti, às Irmãs do Convento Carmelo da Santa Face e Pio XII, fundado exatamente pela Carminha de Tremembé, exemplares do meu livro, o que provocou imediata resposta de sua superiora, a Irmã Thereza Maria de São João da Cruz OCD.
         A carta, sem data, mas postada no correio de Tremembé em 19 de março próximo passado, deixou-me num misto de profundamente comovido – e honrado! – e, como o seu conteúdo interessa, não só à minha família, mas a toda comunidade católica de Itu e do Brasil, eu me permiti divulga-la, em seus trechos mais significativos, com as minhas escusas à Irmã Thereza Maria:
 
         “Caro sr. Inaldo.
         A paz de Cristo!
         Não imagina a alegria que me deu, com o seu livro, com um capítulo especial sobre a Carminha de Tremembé.
         Uma de nossas Irmãs foi a Pouso Alegre, (MG), onde está havendo o processo de canonização de outra Madre (fundadora do Carmelo Sagrada Camélia, daquela localidade mineira). A “notária” do processo é carmelita e deseja muito fazer também o processo da nossa Carminha.
         Esta já pode ser invocada, pois o Sr. Bispo D. Carmo João Rhoden, autorizou.
         Ela disse (a Irmã do processo) que já posso tomar algumas providências. O sr. poderia nos ajudar.
……………………………………………………………………………………………………….
         Seu livro contém os documentos do avô[2]. Talvez seja útil. Aliás, o seu livro vai ser apresentado ao Tribunal (quando for iniciado o processo). Veja que o sr. nunca imaginou de ir tão longe o seu trabalho.
         Contando com seu interesse de pesquisador e parente, agradeço sua imensa delicadeza.
         Com respeitosa afeição, sua, em Cristo:

 
[1] A Irmã Maria do Carmo da Santíssima Trintade (Carmen Catarina Bueno) nasceu em Itu a 25 de novembro de 1898.
[2] Adolpho Bauer, avô materno.

 

                                                                                                                                                             inaldo-editado  por Inaldo Cassiano da Silveira Lepsch

Auto do livro “Camargos & Penteados – história e genealogia de uma família paulista” . O livro traça a genealogia da familia Camargos & Penteados.

Read Full Post »

                 Quando algum amigo nosso tem seus méritos reconhecidos em justa homenagem, todos nós nos alegramos, não é verdade, prezado (a) leitor (a) ?

                 Que dizer, então, quando se trata de alguém, cujos méritos morais e espirituais são enaltecidos, com vistas à maior glória de Deus e à edificação e benefício de toda a sociedade?…

                Enquadra-se,  nesta hipótese, a inesquecível Madre Maria do Carmo da Santíssima Trindade, cuja memória suscita, neste momento, o oportuno processo diocesano de apuração da heroicidade de suas virtudes.

               Daí sermos tomados da mais pura alegria religiosa, não somente eu, mas todos quantos tivemos o privilégio de conhecer e lidar com a saudosa Fundadora do Carmelo Santa Face e Pio XII, de Tremembé/SP.

               Dela guardamos a lembrança de uma personalidade a um tempo forte e cativante pela simplicidade. Alguém que sabia o que queria, porque a sua vontade se pautava pela Vontade divina. Uma Carmelita que tinha o dom da palavra afinada na contemplação do “Verbo adorável”, que tanto a seduzia. Uma religiosa que, abrigada sob o manto da Virgem do Carmo, não hesitava em arrostar as intempéries deste mundo, ‘combatendo o bom combate’ em prol da causa do Evangelho.

                  Dotada de senso prático, Madre Maria do Carmo conciliava o Calvário com o Tabor, tendo o seu coração repousado sobre o Coração de Jesus, e, por isso mesmo, também aberto às necessidades dos irmãos e irmãs.

                   Queremos, neste momento, exaltar a oportunidade do adequado procedimento religioso,  que permite a muitos conhecerem a Madre Maria do Carmo, e, que, assim, também poderão ser favorecidos por este conhecimento, buscando, a seu exemplo, com o apoio da Virgem Maria, nossa Mãe Celeste, viver com Cristo e por Cristo.

                  A você, prezado (a)  leitor (a), deixamos um recado amigo: faça a experiência de se confiar à ação misericordiosa de Madre Maria do Carmo junto a Nosso Senhor, a Quem ela na terra serviu de todo o coração, em um AMÉM contínuo.

de-sales1

Dr.Francisco de Salles Mourão Branco, foi grande amigo de Madre Maria do Carmo. É casado com Marly Gonet Mourão Branco desde 3/01/1960, tem 2 filhos e 6 netos. Bacharel em Direito pela antiga Universidade Federal do RJ, Procurador Geral junto ao Tribunal de Contas da União.  Autor do livro “Um instante de Louvor a Jesus na Eucaristia”. Participa das equipes de Nossa Senhora.

 

livro-um-instante-de-louvor

 

 

 

 

 

 

 

 

Disponível no site.:

www.guyfandrade.com/eucaristia/eucaristia.html

 

Read Full Post »

 

Eu o vejo na Cruz “Rei dos Judeus”   me-carminha

 Mas Rei que foi deposto pelos seus…

 Saturado de opróbrios e maldição

 É um diadema de dor que o cinge. 

Oh! Quero, Seguir-te, meu Jesus, no jardim das Oliveiras.

Beber até a última gota que é minha partilha.

 

Ó Mãe das dores, o amor vos deu a cruz, fazei que a cruz me dê o Amor.

 

 

Como é preciso…olharmos para o Alto,”ad Astra”

e crer naquele que morreu para nos salvar.

 

Tua Face, ó Jesus, é um livro de ouro aberto.   cruz

Onde a humildade aprendo e leio amor, amor.

E mais se grava, em mim se aos lábios aperto

Numa oração de beijos, tua Face de dor!

Read Full Post »

 

sao_jose

 

 

 

 

 

Ó São José, santuário

 

 

do Espírito Santo,

 

 

prodigalizai-me

 

 

Os tesouros de que

 

 

fizeste bom uso e dos

 

 

quais sois o

 

 

                                                             depositário.

 

    

Está frase de Madre Maria do Carmo, bem mostra sua devoção e amor a São José.

 

    A confiança que depositava, de confiar tudo a São José, crente de que pela fé, também ensinada pelo santo, todas as coisas que fossem de proveito para sua alma, e para alma daqueles por quem rezava, pela intercessão de São José seriam alcançadas.

 

Ó meu grande Santo e doce Pai São José… Mostrai que sois Pai, patrocinai nossa Causa, cuidai de nossas famílias, de nossas intenções, sobretudo de nossa.

Santificação!

 

    O Pai de Família, da Sagrada Família, era para ela seu exemplo de humildade e simplicidade, Esposo devotado de Nossa Senhora, Pai amoroso do Menino Jesus, aquele a quem Deus confiou seu Filho muito amado, tinha no coração de Nossa Madre um lugar todo especial.

      Exemplo de humildade, e de grande sabedoria, a sabedoria que brota no dia-a-dia. Nas pequenas coisas, São José ensinava Jesus e continua nos ensinando, como também ensinou a Nossa Madre Maria do Carmo, sua humildade, simplicidade nas coisas ordinárias, no trato com as pessoas, no amor a Nossa Senhora, em fim, na busca pela santificação.

 

Jesus, Maria e José lhe ensinem neste mês a viver para o único Amor – o Verbo -… aceitando tudo quanto Deus pedir. Esperança e Caridade! Transformai nossa vida, fazei-nos fiéis como vós para que Deus viva e reine em nós.

 

      Não necessariamente nas grandes coisas, mas nas pequenas, que estão ao alcance de qualquer um de nós, foi o que Nossa Madre fez, buscou se espelhar em São José, na simplicidade, na pobreza de espírito, na castidade, na obediência,no trato com as pessoas a sua volta, amando a Deus sobre todas as coisas e ao próximo, temos nele um itinerário de Fé e de Amor, aceitando tudo o que Deus pedir, com confiança e generosidade.

 

 

Na escola de São José – aprendemos a perfeição da vida – pela Fé.

 

Read Full Post »

 comunidade-atual1

Na Fileira de cima, da esquerda para direita.: Ir. Maria Luiza, Ir.Ismênia, Ir.Maria de Jesus, Andréia, Tatiane, Ir.Veronica.

Na próxima fileira em pé.: Nossa Madre Ir. Thereza Maria, Ir.Elisabete, Ir.Cristiane, Ir.Maria Teresa

Na próxima fileira.: Ir.Maria Regina, Ir.Lucia, Ir.Maria Clara, Ir.Teresa Margarida.

Na ultima fileria.: Ir.Rose, Ir.Maria de Lourdes, Ir.Celina, Ir.Regina Maria

 Ir.Maria do Carmo e Ir.Maria Paula ausentes na fotografia.

Read Full Post »

por-no-blog

Read Full Post »

Older Posts »